44, meus amigos


Ela veste o 44 e vai embelezar as páginas da Sports Illustrated com aquilo que, ao que tudo indica, será um biquíni dourado. Palmas para a Sports Illustrated que na sua edição de verão dedicada aos fatos de banho escolheu modelos plus size e com mais de 50 anos. A beleza, meus amigos, é e será sempre subjectiva. Existe nas rugas, nos cabelos brancos, nas marcas, na celulite, nas estrias, na gordura localizada, nas cicatrizes, nas curvas, nos corpos de gente que vive dentro de alguém porque a beleza residirá sempre nos olhos de quem a vê.


Vá, isto também não seria um post à moda do Catarinalismo se não tivesse um laivo de realismo a cru. Pah, há gajos e gajas feias. Há-os! Eu, por exemplo, não sou propriamente a mulher mais bonita do mundo mas quando era pequena deus ma libre! A minha mãe diz que eu era linda.... Mas o que é que a minha mãe sabe?! Para ela eu também estou magrinha demais e isso não é uma verdade nem agora nem naquela altura em que gordura era formosura e sinal de riqueza! Aliás, ser endomorfo e magro hoje em dia é que é sinal de riqueza porque os produtos saudáveis estão todos pela hora da morte. O óleo de coco em promoção chega aos 7 eurinhos fácil! E uma gaja pensa "foda-se, vou masé fritar esta merda ao sol que é caloria 0 e de graça".

Mas enquanto para a gordura há remédio - gym e healty life style - para a feiura não. E isso é triste. Mas ao mesmo tempo é bom. Foi Bukowsky quem escreveu, em Tales of Ordinary Madness, que "A beleza é nada, a beleza não dura. Não sabes como és sortudo por seres tão feio, porque se as pessoas gostarem de ti, sabes que é por algo mais". E é verdade! Bukowsky é grande. Sempre foi e sempre será. 

Tá pra quem pode e não pra quem quer! 

Catarina Vilas Boas


You may also like

1 comentário :

  1. Plus size não significa falta de beleza ou sensualidade e acho que esta querida o prova. Mas ainda assim, tristemente, há-de haver sempre quem a critique. No entanto, se fosse magrinha iriam criticá-la por parecer uma tábua de passar a ferro. Enfim. E essa filosofia acerca de ser feio é uma maneira maravilhosamente positiva de encarar o facto de se ser feio como uma noite de trovoada :D

    ResponderEliminar

Digam-me de vossa justiça, revolucionários, obstinados, rebeldes e insurrectos.

Com tecnologia do Blogger.