Diário de uma tese em 30 dias #5

Hoje estive quase quase para não escrever nada. Aqui! Isto porque o dia foi comprido e, apesar de bastante produtivo, exigiu muito de mim a nível mental. Escrever estruturadamente sobre algo com tanta informação à disposição é complicado: há que escolher, dar preferência em detrimento de. E como eu acho tudo interessante, tenho tido alguma dificuldade na filtragem. Mas aos poucos vou conseguir!

Fiz as correcções no material que já tinha sido revisto pela minha orientadora (que é SÓ a melhor do mundo e com uma paciência de santo) e prossegui na contextualização. Amanhã espero terminá-la e iniciar, pelo menos, o capítulo da metodologia de análise e da amostra, todas essas coisas que constam das primeiras páginas de qualquer dissertação de mestrado.

E como o dia foi produtivo e eu achei que precisava, cheguei a casa e relaxei um bocadinho. Brinquei com as minhas primas, vi uns episódios de uma série de comédia e ainda tive tempo para uma mudança de visual.

Nada de drástico! Mas amanhã mostro porque a noite não permitiu que eu tirasse uma foto demonstrativa.

Este foi também mais um dia de engorda. Não sei o que se passa, não consigo mesmo controlar-me! Estou sempre com fome! Acho que estou a precisar de arranjar um namorado... if you know what I  mean *wink wink* Ahah! Just kidding.

saudade

Catarina Vilas Boas 


You may also like

Sem comentários :

Digam-me de vossa justiça, revolucionários, obstinados, rebeldes e insurrectos.

Com tecnologia do Blogger.