Sim, nós fodemos

Gosto tanto da palavra “foder” que não podia deixar de falar sobre isto.

“Sim, nós fodemos” é um movimento que pretende desmistificar e dar a conhecer a sexualidade dos deficientes. Chega mesmo a tempo do dia dos namorados e desenrola-se durante o dia todo, na tentativa de mostrar, via palestra, que os deficientes também fodem. E - confesso que esta parte já não tem tanta piada - também amam, namoram e “fazem amor”. Têm direito a uma vida sexual activa, que é como quem diz, excitarem-se, excitarem e serem excitados. Agora que já arranjei uma desculpa para escrever sobre sexo neste blogue, retiro-me.


Deixo-vos só aqui esta imagem que está um mimo e o link para a notícia que esmiuça um bocadinho do sexo deficiente que, nem por isso, tem de ser deficitário. 


Catarina Vilas Boas



You may also like

Sem comentários :

Digam-me de vossa justiça, revolucionários, obstinados, rebeldes e insurrectos.

Com tecnologia do Blogger.