Prazeres da vida #6

Crianças.

Os adultos já pouco me fascinam e não são assim tão difíceis de conquistar na medida em que caem todos dentro dos mesmos padrões - conhecem-se 5 ou 6 personalidades diferentes e já se sabe o básico para agradar a todos (o que não significa que eu o faça). Com as crianças não funciona assim! Todas elas consistem num desafio. Aquilo que me fez prender a atenção de uma criança hoje, não vai funcionar amanhã. E aquilo que cativou essa criança pode não cativar outra. Elas são imprevisíveis, sem filtros, verdadeiras até ao tutano, doa a quem doer. São espontâneas e, na sua maioria, sem malícia. Estão a aprender como funciona o mundo e fazem-no sem ter em conta o politicamente correcto que os adultos lhes querem enfiar pelas cabeças adentro. São os insurrectos de hoje que, com sorte e se a vida os deixar, virão a ser os revolucionários de amanhã. 

Adoro-as.
Catarina Vilas Boas






You may also like

Sem comentários :

Digam-me de vossa justiça, revolucionários, obstinados, rebeldes e insurrectos.

Com tecnologia do Blogger.